quinta-feira, 8 de março de 2012

DIA DA MULHER; A IDENTIDADE DISCRIMINADA DA MULHER - 08 DE MARÇO DE 2012

DIA INTERNACIONAL DA MULHER.
08 DE MARÇO DE 2012.


Sem constrangimento, não queremos com isso, magoar as mulheres, pelo contrário,  somos a favor das mulheres, estamos defendendo tese, preconizando e fomentando um  novo método gramatical, instigando a inclusão da ortografia feminina específica nos textos; toda frase, palavra por palavra deve ser clara, com absoluta transparência e que seja pragmática, nivelando por cima e igualando todos os direitos com altruísmo, direitos esses que antes eram reservados e privilegiados ao predomínio dos métodos arcaicos machistas sem partilha e sem perspectivas de atualizações.



Somos contra o preconceito e a omissão que existem sobre a inclusão social no destaque da ortografia feminina tanto na Sociedade quanto na Imprensa, na Literatura, na Didática e em todos os seguimentos da Alfabetização.



O privilégio masculino e a rejeição feminina vêm de berço e acabam se Diplomando nas Escolas errôneas do mundo machista, estigmatizando o gênero feminino na déspota e mórbida "ABERRAÇÃO CABAL".


"AS EXCLUÍDAS"
Na família, o que as meninas são? As excluídas!
Quando a futura mãe está grávida, esperando neném, elas dizem que está esperando "UM FILHO HOMEM" antes mesmo de certificar-se através de ultrassonografia, força do mórbido hábito do fantástico machismo absoluto impregnado na cabeça da Sociedade, como lavagem cerebral desde os primórdios da colonização da espécie humana e, ninguém nunca ousou fazer nada para atualizar esse grandioso espetáculo circense através dos tempos. 


Quando perguntam sobre a prole, a resposta é: temos três filhos, quando na verdade são duas filhas e um filho, somando três pessoas oriundas da prole que significa descendência, geração, progênie, filhos e filhas no masculino e feminino com a mais absoluta transparência.



As boas escritas servem de documentos comprobatórios das suas legítimas identidades individuais; não devemos jamais dar continuidade aos erros cometidos ao longo dos séculos e milênios, devemos corrigi-los para não cometermos falsidade ideológica seja por dislexia ou burrice mesmo.



É óbvio que sabemos discernir qual a diferença que há entre sexos e gêneros masculino e feminino; sabemos também que a culpa não é totalmente do machismo em questão, todas e todos nós, somos responsáveis pelo desenvolvimento da nossa cultura gramatical em pauta, a Sociedade, a Imprensa e, para dar um bom exemplo de evolução gramatical, a responsabilidade maior poderia estar sob o comando da "ALFABETIZAÇÃO"; estamos conclamando por reformas urgentes no ensino sobre o referido assunto.


Na sala de aula o que as meninas são? "AS EXCLUÍDAS"!
Elas são arroladas e/ou englobadas no pacote masculinizado e chamadas de: "OS ALUNOS", só no masculino. Dicas - OS{AS} ALUNOS{AS} ALUNAS/ALUNOS ETC.


As Professoras, o que elas são com convicção, embora podem agir de maneira mais adequada usufruindo de suas próprias identidades femininas para dar um bom exemplo de educação, respeito e cidadania à suas Alunas? o que elas são? "AS EXCLUÍDAS"! 


Dia do Professor, Sala do Professor, Livro do Professor... DO{A} PROFESSOR{A} PROFESSORA/PROFESSOR...

No comércio, no Super mercado, o que as Donas de casa são? "AS EXCLUÍDAS"!
Elas são tratadas como: "O CONSUMIDOR" somente no masculino, não abrem mão do semianalfabetismo ou da "MÓRBIDA BURRICE MACHISTA" por nada neste mundo. "O{A} CONSUMIDOR{A} CONSUMIDORA/CONSUMIDOR...

No centro ou nos bairros o que as mulheres são? "AS EXCLUÍDAS"!
Elas são chamadas de: "CIDADÃOS MORADORES EM TAL LUGAR"; dicas - CIDADÃS{OS} MORADORES{AS} MORADORAS/MORADORES...


Para cada palavra masculina existe uma feminina a sua disposição, é só incluir no texto para compartilhar com altruísmo, o que há de melhor em seu vocabulário com transparência cristalina...



O planeta Terra é o nosso pequeno mundo maravilhoso e nós, só estamos aqui, porque a mulher existe e está sempre pronta para lapidar o fosco diamante humano e dar o brilho necessário para a continuidade da espécie...



A minha indignação não é ter que suportar a rejeição da ortografia feminina nos textos desde o berço, o fundamental, o ensino médio, até à formação acadêmica em qualquer curso superior...



O que mais fere e machuca a "POBRE ALMA" é saber que a mulher que tanto luta pelos seus direitos, sempre aceitou tudo isso na cumplicidade, sem nada fazer ou exigir que se faça explícita com transparência, a sua verdadeira identidade feminina!


Privilégios machistas: ELES, AQUELES, CIDADÃOS, SENHORES, BRASILEIROS ETC.
Esqueçam por alguns segundos o nosso "BLOG-SITE" e digam com sinceridade, vocês ouviram dizer ou leram alguma frase escrita com transparência por exemplo: 
"ELES E ELAS, AQUELES E AQUELAS, CIDADÃOS E CIDADÃS, SENHORAS E SENHORES, BRASILEIROS E BRASILEIRAS, NAMORADO E NAMORADA, O NOIVO E A NOIVA VÃO SE CASAR...


É óbvio que sim, muita gente de bom senso, independente de ter curso superior, o que nunca levou a nada, estão mudando para melhor, as pessoas mais sábias do mundo são as que analisam e mudam de opinião; as nossas leitoras, os nossos leitores internautas estão prestando a devida atenção na evolução gramatical com a inclusão da ortografia feminina nos textos para abrilhantar e valorizar as poderosas mulheres do nosso "pequeno mundo de rejeições preconceituosas".



Estamos fazendo a nossa parte e agradecemos pela credibilidade depositada no nosso trabalho; estamos aprimorando as postagens e, vem aí, muitas surpresas agradáveis, aguardem.



Mulher, parabéns pelo seu dia você merece todas as boas conquistas do mundo; se achar que o nosso trabalho de inclusão da ortografia feminina pode ser útil para realçar a sua autoestima, aceite que é de coração e ajude-nos a propagar essa ideia de uma conquista a mais no currículo do próximo "08 DE MARÇO DE 2013 DIA INTERNACIONAL DA MULHER"; pode apostar e conte conosco.


Pense, mude, evolua, "TRANSCENDA". Abraço do "Jolly".                        

Nenhum comentário:

Postar um comentário