terça-feira, 22 de janeiro de 2013

CAVALGADA SÃO SEBASTIÃO, 20 DE JANEIRO DE 2013

Cavalgada de São Sebastião, 20 de janeiro de 2013.

SAIBA COMO TUDO COMEÇOU:

          Voltando no tempo, há aproximadamente 40 anos atrás, Sebastião Macota com a ajuda de Hilda Vieira e sua irmã Aparecida, deu início à "CAVALGADA DE SÃO SEBASTIÃO" de Ribeirão do Pinhal que saia  do Bairro Rural de "SERTÃOZINHO" {onde morava na época o Senhor Macota} com 8 Cavaleiros e o ponto final era a casa de Hilda em frente o Santuário, que já os esperavam com um "LANCHE".

        Sebastião Macota, já falecido, é representado pelo seu neto Wellington Luis Mendes que é o "PORTA-BANDEIRA OFICIAL", que todo ano retorna à cidade de Ribeirão do Pinhal, especialmente para esse evento.

        A Cavalgada mantém o percurso original; sai de Sertãozinho, cavalga pela mesma velha estrada de chão empoeirada quando faz sol e, lamacenta quando chove, pois, a cavalgada procede mesmo com chuva, percorre as ruas da cidade indo terminar no pátio do "SANTUÁRIO DO DIVINO ESPÍRITO SANTO" para uma "BÊNÇÃO" do Padre Paulo e logo em seguida foi servido um Lanche que este ano ficou a cargo do Coordenador João Antônio Amaral e seus colaboradores e suas colaboradoras, essas fantásticas Mulheres que não medem esforços para bem servir Filantropicamente a sua Comunidade.

        Este ano contamos com 120 animais de montaria entre Cavalos, Éguas, Burros, Mulas, Pôneis e {2} dois dóceis Bois de Carro que desfilaram como animais de montaria.

    Nossos agradecimentos a todos os "CAVALEIROS" e a todas as "AMAZONAS" que se fizeram presentes e nos horaram em mais uma "FESTA DE SÃO SEBASTIÃO, SERTÃOZINHO RIBEIRÃO DO PINHAL 2013".

Pense, mude, evolua, "TRANSCENDA". Abraço do "Jolly".        

VÍDEO: O Prefeito Dartagnan Calixto Fraiz e João Antônio Amaral Enaltecem as Festividades de São Sebastião.


video























































































































Um comentário:

  1. A Tradição é uma arte que deve ser mantida, para ser relembrada pelos nossos que virão futuramente nos representar ante o mundo, e contar nossas histórias de vida, a partir dos nossos antepassados. Seu Macota era irmão do tio Jovelino.(Pinhalense).

    ResponderExcluir