O MAIOR NÚMERO É DE MULHERES NO PLANETA

O MAIOR NÚMERO É DE MULHERES NO PLANETA
Não é um favor, é um dever, é um direito adquirido de igualdade social, é de primordial importância a inclusão social das mulheres nos textos gramaticais.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

COPEL - RIBEIRÃO DO PINHAL, REDE ELÉTRICA, PARASITAS DA AVENIDA {Bromélias} ESTÃO CONTAMINANDO A CIDADE TODA, ATÉ A PRAÇA ERASMO CORDEIRO, O VEXAME, O DESCASO NA MANUTENÇÃO

"COPEL - RIBEIRÃO DO PINHAL, PARASITAS DA AVENIDA {Bromélias} O DESCASO NA MANUTENÇÃO".

Página atualizada em 18 de maio de 2013.

        BROMÉLIAS: As Bromélias, mesmo sendo plantas "EPÍFITAS", procedem como se fossem plantas parasitas e invadem a Rede Elétrica da Avenida Silveira Pinto, Bairro Nobre de Ribeirão do Pinhal, há aproximadamente "UMA DÉCADA E MEIA" sem os devidos cuidados de manutenção dos cabos, ignorando as taxas que pagamos pelo consumo interno e externo que são as taxas de Iluminação Pública.

          As plantas parasitas {Bromélias} estão invadindo e contaminando a cidade toda, até a nossa linda Praça Erasmo Cordeiro está pedindo socorro pelo péssimo estado dos cabos da rede elétrica, "EMPORCALHANDO" o visual do que temos de mais belo em nossa cidade, o Farol do Saber, "O NOSSO CARTÃO POSTAL".

         NOTA: Lugar de Bromélias seria nos campos, nos Jardins e não nos cabos da "REDE ELÉTRICA EMPORCALHANDO O VISUAL DA NOSSA BELA CIDADE DE RIBEIRÃO DO PINHAL! 

             COMO SE EXPLICA ISSO: Os cabos da Rede Elétrica são de alumínio trançado e neles existem cavidades ou sulcos abertos onde se acumula muita poeira e, com a umidade da chuva ou mesmo do sereno vai se impregnando e formando assim um ótimo canteiro para atrair os grãos de pólen sob o efeito da erosão eólica através dos tempos e assim, eis que surge a vegetação intrusa, clandestina; na baixada do Pesk-Pag da Avenida Silveira Pinto, fica mais fácil, pois, a umidade relativa do ar, oriunda do lago pesqueiro e do córrego, favorece e muito, esse procedimento e, sendo assim, é preciso que a COPEL saia da zona de conforto e, "trabalhe, limpe", para fazer jus aos seus salários no final do mês, fazendo um trabalho completo e não pela metade, tá explicado assim, ou quer que faça alguns mapas?

EXEMPLO DE COMO SÃO OS CABOS DE ALUMÍNIO TRANÇADO E, ACUMULA POEIRA PARA O CULTIVO DAS BROMÉLIAS {parasitas}.



O QUE SÃO PLANTAS PARASITAS?

          Plantas parasitas são aquelas que se hospedam em outras plantas sem pedir licença, sem pagar aluguel e se alimentam da seiva dessas plantas que nesse caso, os cabos de energia elétrica não são plantas, porém, estão servindo de hospedagem à essas plantas a longos anos e, "POR NOSSA CONTA.

         A DESCOBERTA: Foi no ano de 2004, quando iniciamos nossas caminhadas, maratonas, ciclismo, enfim, sair da zona de conforto e exercitar o esqueleto afim de melhorar a qualidade de vida útil enquanto permanecermos neste Planeta maravilhoso que precisa dos nossos cuidados, da nossa dedicada e indispensável atenção; em 2004 já existia grande quantidade de plantas parasitas nos cabos de baixa tensão;  não há necessidade da troca dos cabos, eles estão perfeitos, o que é preciso é sair da zona de conforto por algumas horas e fazer a remoção das plantas parasitas que, aliás, está "EMPORCALHANDO O VISUAL DA NOSSA CIDADE" e ninguém tomou providências todos esses anos. Como? Ninguém sabia disso? Ninguém nunca tinha visto isso? Ninguém tinha percebido que o cartão postal da entrada da nossa cidade que é a Avenida Silveira Pinto, está de mal a pior? Ninguém aprendeu olhar pra cima? Olhar para o alto? Somos Racionais! Só há uma espécie de animal que não consegue dobrar o pescoço para poder olhar para cima, "A RAÇA SUÍNA".

O QUE NÓS, COMUNIDADE TEMOS A VER COM ISSO?

         Somos nós, Comunidade, que mantemos todo esse "Império em Potencial de Eletricidade Estática como {Carga Tensão} e Energia em Forma Cinética - Eletricidade Dinâmica como {Corrente Elétrica} em pé; somos nós que pagamos as taxas de consumo de energia elétrica todos os meses; a soma mensal arrecadada em espécie por essas "Empresas de Grande Porte", é imensurável, por isso, é chegada à hora de exigirmos o devido respeito à nossa "SOCIEDADE COMO UNIDADE CONSUMIDORA".

         Nós, Comunidade, precisamos da energia elétrica, porém, qualquer "Empresa Fornecedora de Energia Elétrica" também precisa da Comunidade para sobreviver; sem energia elétrica retrocedemos no tempo e no espaço, procederemos como uma "Sociedade Retrógrada", mas, sem as taxas mensais pagas pela Comunidade, tais Empresas sucumbirão, "É FALÊNCIA GARANTIDA".

QUAIS OS RISCOS DA VEGETAÇÃO {Bromélias} NOS CABOS?

         Tivemos muita sorte! Em dias de chuva de ventos fortes, aqueles ventos que balançam os cabos, repare na fotografia em que uma das plantas parasitas da parte inferior está prestes a se entrelaçar numa planta ou no cabo superior; como a água é ótima condutora de energia elétrica, se a chuva engrossar e os cabos balançarem, é curto-circuito com certeza e, quem estiver passando por baixo naquele exato momento em que o cabo se fundir, o acidente pode ser "LETAL".

         NÓS, COMUNIDADE, EXIGIMOS QUE EFETUEM COM URGÊNCIA A LIMPEZA DOS CABOS DA REDE ELÉTRICA DA AVENIDA, DO CENTRO, DAS VILAS, AFINAL, ESTAMOS PAGANDO E, NÃO PAGA PRA VER, O CORTE SERÁ FATAL, A LEI É SEVERA, QUE ESSA MESMA LEI FAÇA VALER À PENA COMO RETORNO TAMBÉM EM PROL DA COMUNIDADE PINHALENSE NO CASO DE DESLEIXO, DESCASO E DESRESPEITO COM A NOSSA COMUNIDADE QUE TEM QUE PAGAR SUAS TAXAS MENSAIS RIGOROSAMENTE. RIBEIRÃO DO PINHAL - PARANÁ - BRASIL".

Pense, mude, evolua, "TRANSCENDA". Abraço do "Jolly".

video

ASSISTA AO VÍDEO QUE MOSTRA OS CABOS DE BAIXA TENSÃO DA AVENIDA E A COMPROVAÇÃO DO DESCASO DA "COPEL" NA MANUTENÇÃO.  




A planta parasita da parte inferior, está prestes a se entrelaçar na planta ou no cabo superior...




        Um péssimo visual para Ribeirão do Pinhal, uma cidade que está crescendo, prosperando, uma cidade com cestas de lixo instaladas nas calçadas para facilitar a limpeza pública, porém, o contraste é desolador, repugnante, desrespeitoso, uma empresa que só se preocupa em arrecadar e se nega a sair da zona de conforto para uma simples limpeza dos cabos da rede elétrica a longos anos emporcalhando a cidade que amamos, atropelando os nossos direitos que pagamos...    





Nenhum comentário:

Postar um comentário