AUTO POSTO ZAFFANI, EM BREVE

AUTO POSTO ZAFFANI, EM BREVE
AUTO POSTO ZAFFANI. Lindo, lindo, tudo pronto; aguardando o laudo da perícia do CORPO DE BOMBEIROS/BOMBEIRAS, para a autorização e/ou a liberação para a compra do combustível e outros produtos. NOTA: Pela morosidade da Instituição, a Inauguração procederá nos próximos dias deste mês de abril de 2018. AUTO POSTO ZAFFANI estará priorizando ótima qualidade e bom atendimento. Estabelecido à Rua São Paulo, bem no coração da cidade de Ribeirão do Pinhal - Paraná - Centro.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

"CHULO E HEDIONDO É O GÊNERO FEMININO NA MENTE DE UMA SOCIEDADE IGNORANTE E MACHISTA"

O gênero feminino é considerado pela sociedade e pelas próprias mulheres, uma palavra chula e hedionda, "INFELIZMENTE"!

"O REJEITADO, O DESPREZÍVEL GÊNERO FEMININO".

O gênero feminino sempre foi rejeitado, não pela cultura machista, pois, "machismo não é cultura e sim, deficiência dela"; {machismo é o cúmulo da desinteligência humana}; o machismo conseguiu impor o seu grau de despreparo autoritário ou despotista, desde os primórdios da civilização humana; o machismo conseguiu dominar como uma verdadeira ditadura familiar e social, forçando as mulheres das famílias a conviverem na submissão majoritária imposta pelos maridos da era das cavernas e, infelizmente, as mulheres aderiram e deram continuidade à conformada submissão ao errôneo machismo;  ao longo dos séculos e milênios, automaticamente as mulheres se transformaram também em machistas; esse procedimento predominante se prolongou até a nossa era contemporânea.

O que fazer para as mulheres cortarem o cordão umbilical e compreenderem que a sua identidade é individual, é feminina e não masculina, o que fazer para elas entenderem que a identidade feminina não deve se misturar com a masculina e que isso é um gravíssimo erro ortográfico, pois, ao arrolar a mulher ao falso masculino genérico configura falsidade ideológica pela exorbitante incompatibilidade que há entre o masculino e o feminino e, isso é crime perante o código penal; "as escolas não se importam em fazer a devida correção".

NOTA: É preciso criar um novo "M.E.C." com urgência.      

Nenhum comentário:

Postar um comentário