O MAIOR NÚMERO É DE MULHERES NO PLANETA

O MAIOR NÚMERO É DE MULHERES NO PLANETA
NA LÍNGUA PORTUGUESA FALADA NO BRASIL, CONSTAM DOIS GÊNEROS GRAMATICAIS: MASCULINO E FEMININO; NÃO É POR ACASO, É PARA ESPECIFICAR A DIFERENÇA QUE HÁ ENTRE HOMENS E MULHERES, OU SEJA, ENTRE MACHOS E FÊMEAS SEM EVASIVA. "NÃO ESTAMOS PEDINDO NENHUM FAVOR, É UM DIREITO ADQUIRIDO DE IGUALDADE SOCIAL IMPARCIAL, É DE PRIMORDIAL IMPORTÂNCIA A INCLUSÃO SOCIAL DAS MULHERES NOS TEXTOS GRAMATICAIS, ESPECIFICANDO O SEU LEGÍTIMO GÊNERO, A SUA LEGÍTIMA IDENTIDADE FEMININA".

domingo, 1 de março de 2015

"RAPARIGA", DESMISTIFICAR É PRECISO

"RAPARIGA", 

Desmistificar é Preciso.

O feminino de homem é "MULHER".
O feminino de moço é "MOÇA".
O feminino de rapaz é "RAPARIGA".

EM PAUTA: "Rapariga em termo pejorativo" > {meretriz, puta, biscate}.

GAROTA DE PROGRAMA:
Independe da maneira de se expressar ao ao se referir à uma garota de programa.
ELA PODE SER:
{Mulher de programa}
{Moça de programa}
{Rapariga de programa}

A sociedade evita o termo rapaz e rapariga, pelo preconceito de "rapariga meretriz", porém, faz uso de um leque de sinônimos que se expressam a mesma coisa! "ORIENTEM-SE IMPRENSA, SOCIEDADE, ESCOLA"!

AUTOR CRÍTICO DECISIVO INSOFISMÁVEL: Jeovah Batista de Almeida "Jolly". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário